Máquina de sucos Juicer Philips Walita Britânia e outras: Você ainda vai ter uma

Ave Súditos,

Gostaria de saber: quem de vocês não gosta de sucos? Todo mundo gosta. Ainda mais hoje, em que vivemos em na sociedade da comida rápida (o fast food de satã) e refrigerantes de todos os gostos que aliviam sua sede te deixando com mais sede ainda.

Olha o suco geladinho aê !!

Pois bem, saúde é prioridade, certo ? Certo, só que, fala verdade, não dá uma preguiça fazer aquele suco de laranja com acerola, só por ter que coar toda aquela sujeira que a fruta faz ? Descascar, bater, coar, adoçar… Tá, nem queria mais suco mesmo.

Então, os integrantes do IMFI (International Mother Fuckers Inventors) criaram uma geringonça que veio para tornar a vida de quem-quer-tomar-suco-mas-tem-preguiça-de-fazer muito mais fácil. Basta jogar a fruta lá dentro do tubo e pronto, o caldo sai embaixo (qualquer semelhança é mera coincidência).

Juicer Máquina de Suco NaturalO aparelho chama-se JUICER. Traduzindo pro português padrão popular brasileiro: Máquina de fazer suco. Mas não é igual àquelas máquinas de fazer sucos de antigamente, tipo aquela que a gente usava pra fazer suco de laranja e limão, em que uma pontinha ficava rodando e você com muita força tirava o suco da fruta. Esta é revolucionária MESMO. Parece até mágica, digna dos livros de Harry Potter.

Cara, eu juro, ainda vou comprar uma destas, só pra quando alguém me encontrar na rua eu poder falar que estou passando mal de tanto tomar suco de fruta natural. Teve gente que comprou e está se esbaldando fazendo sucos (menos de mandioca). Sim, pasmem: algumas também fazem suco de mandioca. E também tem livro de receitas, onde você aprende a combinar vários sabores, como siriguela com graviola banhados ao caldo de couve.

Se quiser saber mais sobre estes magníficos eletroportáteis, dá uma olhadinha aqui[bb].

E como diria o Ciro Botini: COMPRE, COMPRE, COMPRE !

[tags] Juicer, Philips, Walita, Britânia, Arno, Suco Natural, Máquina de Sucos, Saúde, Nutrição [/tags]

Receita de Moqueca de Badejo

Ave, queridos súditos

Como é de conhecimento de todos, Imperadores não estão acostumados a comer mal. Pelo contrário, onde um Imperador vai, multidões se matam para por à mesa um banquete, com direito a algas nobres, frutas frescas e muita, muita carne. Porém, não falta peixe também. E nestas cruzadas Europa afora, aprendi uma receita de Moqueca de Badejo, excepcional. Compartilho-a, então, com vocês.

Ingredientes:

  • 1/2 kg de badejo (ou garoupa ou cherne, que são da mesma família)
  • 3 maços de coentro
  • 3 maços de cebolinha verde
  • 1 cebola média
  • 3 dentes de alho
  • 4 tomates
  • Pimenta malagueta
  • Azeite de oliva
  • Urucum
  • Óleo de soja

Modo de Preparo

  • Escame bem o peixe, tire as vísceras e corte-o em postas de 5 cm de largura.
  • Lave bem com limão e deixe descansando em um prato com água de sal fraca.
  • Soque o alho, três rodelas de cebola, um maço de coentro picado, um maço de cebolinha verde e sal.
  • Esfregue no fundo da panela de barro um pouco de óleo de soja (duas colheres) e azeite de oliva (uma colher).
  • Adicione à panela a massa obtida no socador, passando-a no seu fundo.
  • Retire as postas de peixe do prato com água e sal.
  • Vire as postas de um lado para o outro nos temperos da panela.
  • Arrume-as de modo que não fiquem umas por cima das outras.
  • Corte o resto do coentro, da cebolinha verde, do tomate e da cebola e coloque nesta ordem por cima das postas de peixe que estão na panela.
  • Regue com um pouco de azeite e suco de limão.
  • Deixe tudo descansando por 20 a 60 minutos.
  • Derreta em um pouco de óleo três colheres de urucum.
  • Na hora de levar ao fogo para cozinhar, despeje um pouco deste caldo por cima da moqueca.
  • Quando começar a abrir fervura, verifique o sal.
  • Não ponha água, não vire as postas e cozinhe com a panela aberta.
  • Vá verificando o paladar do sal e do limão.
  • Deixe no fogo forte por 20 a 25 minutos.
  • Balance de vez em quando a panela com o auxílio de um pedaço de pano grosso, para que as postas de peixe não agarrem no fundo.

Vai bem com arroz branco, um belo pirão e um belo molho. E, principalmente, UMA CAIPIRINHA! :)

Se quiser acrescentar camarão, descasque ele todo, retirando até a “tripinha”.

Adicione esse camarão, cerca de 300 g, espalhando por igual na panela, antes de deixar a moqueca descansando.

Autor: Gil Campos

[tags] badejo, receita, moqueca, peixe, pirão, camarão, frutos do mar, alimentação [/tags]